Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.uca.edu.ar/handle/123456789/3597
Título : O outro e a transcendência : na parábola do Bom Samaritano (Lc 10, 25-37)
Autor : Borges de Meneses, Ramiro Délio 
Palabras clave : PARABOLASTRASCENDENCIAOTROPERSONALevinas, Emmanuel, 1906-1995
Fecha de publicación : 2009
Editorial : Universidad Católica Argentina. Facultad de Filosofía y Letras
Citación : Borges de Meneses, Ramiro Délio. “O outro e a transcendência : na parábola do Bom Samaritano (Lc 10, 25-37)”[en línea]. Sapientia. 65.225-226 (2009). Disponible en: http://bibliotecadigital.uca.edu.ar/repositorio/revistas/outro-transcendencia-parabola-bom-samaritano.pdf [Fecha de consulta:..........]
Resumen : Resumen: Neste estudo, procuramos definir o sentido da corporeidade em Entralgo, relacionando-o com o pensamento de Lévinas. Segundo Entralgo, o corpo humano era um microcosmos integrado num cosmos. Assim, o corpo é i único objecto do Universo, do qual temos um duplo conhecimento não de fora, como também temos a sua percepção a partir de dentro. Porém, segundo Lévinas, a corporeidade é a expressão do Rosto do Outro, referindo- se como uma prefiguração do Outro, que tem o seu epílogo na parábola do Bom Samaritano. Há, na verdade, uma relação de aproximação antropológica entre o sentido do corpo como forma de manifestar o Outro. Em ti e por ti, tu eras uma pessoa, mas sendo tu uma pessoa, podendo e devendo Eu ver-te e tratar-te como tal pessoa. Os dois pensadores apresentam uma referência em relação à pessoas. Segundo Lévinas a pessoa será responsabilidade.
URI : https://repositorio.uca.edu.ar/handle/123456789/3597
Disciplina: FILOSOFIA
Derechos: Acceso Abierto
Appears in Collections:SAP - 2009 Vol LXV nro. 225-226

Files in This Item:
File Description SizeFormat
outro-transcendencia-parabola-bom-samaritano.pdf192,69 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open
Show full item record

Google ScholarTM

Check



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons